Dispositivos corporativos, sejam computadores ou celulares, raramente são usados apenas para trabalhar. Eles estão abarrotados de jogos, apps de mensagens, e até mesmo de namoro. Muitas empresas preferem ignorar essa realidade, desde que não interfira no trabalho. Mas no caso específico dos aplicativos de relacionamento, não é a produtividade do funcionário que está em risco. Fizemos um estudo para identificar as ameaças que o namoro online apresenta às organizações.

 

Namoro no trabalho?

Para começar, mais da metade (51%) dos usuários de aplicativos e sites de relacionamento online acessam estas plataformas a partir dos mesmos computadores e celulares que utilizam para trabalhar. E mais, 38% dos entrevistados mantêm e-mails de negócios, e 33% documentos de trabalho nesses mesmos dispositivos. Essa informação pode ser de muito interesse para potenciais concorrentes e cibercriminosos.

Se isso já não fosse ruim o suficiente, adicione aí o fato de que usuários de serviços de namoro têm uma tendência a serem um tanto abertos. E dentre as diversas informações que falham em esconder, estão o lugar onde trabalham e o que fazem. Algumas vezes, ainda anunciam deliberadamente essas informações na tentativa de impressionar um parceiro em potencial. Em 20% dos casos se identificam como gestores de médio escalão, 19% como trabalhadores de alta qualificação (cientistas, engenheiros), e 11% como grandes diretores e empresários. Esse tipo de indicação facilita e muito a busca por vítimas.

O novo honeypot

Agora mais algumas estatísticas: 70% dos usuários masculinos clicam em links recebidos em mensagens privadas enviadas por mulheres atraentes. Claro que eles podem levar a qualquer lugar, inclusive páginas de phishing. Que tal essa informação para um ataque facilmente direcionado? Primeiro, ganhe a confiança de alguém e flerte um pouco, depois envie uma URL para um “álbum de fotos online”.

Outro fator de risco é o fato de que apps de namoro para dispositivos móveis estão cheios de vulnerabilidades. Como os nossos especialistas em antivírus já mostraram, os apps mais populares não protegem informações pessoais de maneira alguma. Alguns entregam a localização do usuário, outros oferecem uma janela de acesso às mídias sociais do usuário. Alguns até mesmo permitem a invasores interceptar dados pessoais e acessar a conta de outra pessoa.

Como ficar protegido?

Como sempre, não existe fórmula mágica. A única coisa que podemos garantir é que banir esse uso não é 100% efetivo. Isso apenas faz com que os funcionários procurem maneiras de burlar o sistema. Nossa certeza é que cibersegurança deve ser prioridade. As pessoas precisam aprender sobre as últimas ameaças online. O Kaspersky total security está aqui para ajudar. Esse programa feito sob medida promove treinamento, jogos interativos e cursos educativos que têm por objetivo modificar a atitude de funcionários em relação a cibersegurança e oferecer as habilidades que eles precisam para evitar ameaças reais.

E apenas para garantir, aqui vai um lembrete sobre soluções de segurança, especialmente para dispositivos móveis (que são agora as plataformas mais populares para o uso de apps de namoro). Nossas soluções multiplataformas para sistemas de informação corporativos incluem o Kaspersky Total Security for Mobile, que fornece diversos níveis de proteção para os aparelhos de funcionários.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Antivírus Brasil - Loja Online © Kaspersky LAB Copyright 1997-2017.
Antivírus Brasil - Kaspersky
Política de Privacidade‎